Quinta-feira, 29 de Setembro de 2005

- Deste teu coração a outro


 Não
me deixes ficar só




Homepage de Miguel Roque




Deste teu coração a outro

Não o podes dar a mim

Não é fácil, acredito

Conquistar alguém assim



Que é difícil, eu já sabia

Controlar uma paixão

Penso em ti noite e dia

Como vou resolver esta situação ?



Tu dás-me pouca atenção

Que posso eu fazer ?

Vou lutando pois então

Não te queria perder



Teu coração não me entregas

Minha vida fica vazia

Se estou triste, tu me alegras

Queria prolongar essa alegria



Observa o que sou no fundo

Não te guies por palpites

Amo-te, por ti farei tudo

Embora tu não acredites



Tens a felicidade tão perto

E não o consegues descobrir !

Comigo serias feliz, é certo

Isso te posso garantir



Só teu coração ainda não viu

Estou por ti apaixonado

Este amor não desistiu

Por correspondência tem esperado



Tão forte angústia, já não aguento

Peço que me ames, não que tenhas dó

Junta o teu ao meu sentimento

Não me deixes ficar só.



 





Realizado em 7 de Junho de
1996. 

Por:

Miguel Gaspar Roque







 

Sonho Alentejano editou às 20:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2005

- Palco da Vida



Palco da Vida

Fernando Pessoa









Você pode ter defeitos,

viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,

mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo.

E você pode evitar que ela vá a falência.



Há muitas pessoas que

precisam, admiram e torcem por você.

Gostaria que você sempre se lembrasse

de que ser feliz não é ter um céu sem tempestade,

caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas,

relacionamentos sem desilusões.



Ser feliz é encontrar

força no perdão, esperança nas batalhas,

segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender

lições nos fracassos.



Não é apenas ter júbilo nos aplausos,

mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena

viver, apesar de todos os desafios,

incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos

problemas e se tornar um autor da

própria história.



É atravessar desertos fora de si,

mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manha pelo milagre da vida.



Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não".

É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples ,

que mora dentro de cada um de nós.

 

É ter maturidade para falar "eu errei".

É ter ousadia para dizer "me perdoe".

É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você".

É ter capacidade de dizer "eu te amo".

É ter humildade da receptividade.



Desejo que a vida se torne um canteiro

de oportunidades para você ser feliz...

E, quando você errar o caminho, recomece,

pois assim você descobrirá que ser feliz

não é ter uma vida perfeita, mas usar

as lágrimas para irrigar a tolerância.

Usar as perdas para refinar a paciência.

Usar as falhas para lapidar o prazer.

Usar os obstáculos para abrir as janelas

da inteligência.



Jamais desista de si mesmo.

Jamais desista das pessoas que você ama.

Jamais desista de ser feliz,

pois a vida é um obstáculo imperdível,

ainda que se apresentem dezenas de fatores

a demonstrarem o contrário.







Sonho Alentejano editou às 20:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 13 de Setembro de 2005

- O Tempo


O Tempo











"É o tempo que perdemos com alguém

 que torna esse alguém importante para a nossa vida"





Saint Exupéry




Sonho Alentejano editou às 19:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

- Que me reserva o futuro


 Que me reserva o futuro.




Homepage de Miguel Roque




Eu sei o que sou

só não sei o que serei

Não sei para onde vou

Nem o que lá encontrarei



vivo num labirinto

não sei onde vai dar

creiam não vos minto

a saída quero achar



sinto-me muito infeliz

nesta vida mal fadada

porque a vida assim o quis

sigo minha longa estrada



neste meu vaguear

lutarei cegamente

para o fim encontrar

seguirei em frente



sozinho continuo

neste triste caminhar

tive mais um recuo

ela está-me a abandonar



tem valores mais importantes

muito mais do que eu

estamos distantes

nosso amor perdeu



só me resta a solidão

essa nunca me abandonou

meu pobre coração

novamente se enganou



começo a desanimar

de mim não estou seguro

não paro de perguntar

que me reserva o futuro?



 





Realizado em 28 de Setembro de
2001. 

Por:
Miguel Gaspar Roque







 

Sonho Alentejano editou às 19:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


Defendendo Olivença

Em defesa do português Oliventino
Olivença back to Portugal

Pesquisar no blog

 

Arquivos Recentes

Sobre o Alentejo...

De volta à juventude

Ele há coisas...

Feliz Natal e próspero An...

Função Pública...

Azinheira, a árvore que m...

Tás cos copos

Não tem preço...

5ª Festa do Barão

Participamos da greve ger...

Arquivos

Novembro 2010

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Nossos Sites
Nossos sites & Blogs
Miguel & Sylvia
Homepage de Miguel Roque
Orgulho de ser Alentejano
Liberdade cristã

Nossos Blogues
Tuga & Zuca
Filhos & Netos
Caminho de Fé
Busca primeiro o Reino
Liberdade Cristã (blog)
Viver Livremente
Alentejo Abandonado
Meu Alentejo amado
Sonho Alentejano
Povo Lusitano
Amizade, Portuga-Galiza
Aqui fala-se português
Península Ibérica
Península Ibérica-ZipNet
Republica, sim…
Independência em perigo
EU, acredito em Portugal
Portugal Ressuscitado
A Bandeira Vermelha
Bandiera Rossa
A voz do proletário
Olivença é Portuguesa
Jornal de Olivença
No meio do inimigo
Sylvinha em Portugal
Sub-blog do tapete
Vira útil
Chiquinha e nós

Nossos Grupos
Olivença é Portuguesa (msn)
Por Olivença (Orkut)
Por Olivença (Gazzag)
Viver Livremente (Yahoo)
Liberdade Cristã (Yahoo)
Liberdade Cristã (Gazzag)
Liberdade Cristã (Orkut)

Blogues amigos

Beja
Baixo Alentejo
Poeticus
Um bolíndri na tarrafa

blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags